Parque da Jaqueira e Jardim da Capela N. S. da Conceição das Barreiras

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

O Jardim da Capela de N. S. da Conceição das Barreiras situa-se dentro do Parque da Jaqueira. Burle Marx elaborou o projeto paisagístico, doando-o ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/IPHAN em 1936. Parte da vegetação proposta foi obedecida, fazendo parte da composição florística do atual Parque da Jaqueira, construído em 1985, o qual passou a incorporar em sua área de uso público o jardim da Capela. É considerado como o espaço público mais visitado e utilizado da cidade do Recife. Nos dias de hoje, o conjunto do Parque com seus jardins e Capela, às margens do Rio Capibaribe, está sendo contemplado no projeto Parque Capibaribe: caminho das capivaras, com a possibilidade de conexão para o pedestre deste Parque ao Rio Capibaribe.

Saiba mais…

Inventário

 

previous arrow
next arrow
Slider

Enquanto ao norte predomina uma área de vegetação mais concentrada com destaque para o banco em serpentina, mais ao sul, o destaque se volta para a Capela da Jaqueira como monumento. Neste conjunto, o Jardim da Capela situa-se privilegiadamente às margens da Avenida Rui Barbosa que neste trecho, em especial, abre-se com sua balaustrada para o Rio Capibaribe, abrigando uma antiga conexão de travessia por barcos para o bairro da Madalena, do outro lado do Rio, mantida até os dias atuais.

Flora

Com a preocupação de preservar o caráter da paisagem local, o repertório botânico introduzido por Burle Marx foi similar ao já empregado em outras praças do Recife, à exceção do vasto gramado implantado ao redor da Capela da Jaqueira. Como na área já existia farta vegetação, sua ideia era preservar as árvores pré-existentes por trás da capela e ir implementando aos poucos uma outra vegetação, na medida em que as espécies fossem morrendo. Observa-se que até os dias de hoje permanece o maciço vegetal.

Estrutura

Postes de iluminação de ferro; Bancos de concreto; Edificação da Capela de Nossa Senhora da Conceição da Jaqueira.

Como atividades recreativas destacam-se pistas de Cooper e bicicross, ciclovia, patinação e instalações de apoio aos usuários. A pista de Cooper tem duas faixas bem definidas. Uma para os que correm, de uma só cor; e outra, com pedaços coloridos, para aqueles que gostam de caminhar. Uma pista auxiliar, conta com faixa plana e outra de obstáculos. Contempla também um espaço destinado à atividade física de idosos e pessoas com limitação física.

O local é palco, também, de programações culturais, eruditas, folclóricas e cívicas. E conta, desde a sua inauguração, com a Sociedade Protetora dos Amigos da Jaqueira, que elaborou um regulamento para uso do parque.

Localização

Localização: Avenida Rui Barbosa, no Bairro da Jaqueira, próximo à Capela do Parque da Jaqueira.

Área do Jardim da Capela da Jaqueira: 14.000 m² (Área Parque da Jaqueira: 70.000 m²)

Intervenções: Roberto Burle Marx em 1936; reformada pela arquiteta da Prefeitura do Recife Maria Inês de Oliveira Mendonça, na década de 1980.

 

Entorno

Numa área nobre e predominantemente residencial, o Parque da Jaqueira encontra-se entre a Avenida Rui Barbosa e a Rua do Futuro, à margem do Rio Capibaribe, Recife, no bairro da Jaqueira. A Avenida Rui Barbosa em especial, caracteriza-se também por ser uma via larga que bordeja o Rio Capibaribe, proporcionando ao Parque da Jaqueira, em especial, a possibilidade de conexão com as águas do Capibaribe.

 

Todas as praças

 

Veja também

Praça Dezessete

A Praça Dezessete homenageia os heróis da Revolução Republicana de 1817. A origem de seu