Praça do Derby

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

A Praça do Derby ocupa a área de um antigo clube de hipismo criado em 1888 no Recife, pela Sociedade Esportiva Derby Clube de Pernambuco. A campina para equitação funcionou até o final do século XIX, quando a área foi arrematada por Delmiro Gouveia que ali implantou o Mercado Modelo Coelho Cintra que oferecia produtos diversos para incrementar o convívio social e a baixo custo. Como conseqüência, foi construída a Pensão do Derby, depois Grande Hotel Internacional, inaugurado simultaneamente a um velódromo para ciclismo e patinação. Em 1936 Burle Marx modifica a então Praça do Derby, o maior espaço público que trabalhou nos anos 30, mantendo a essência dos espaços e acentuando o caráter romântico com a suavização dos caminhos e acréscimo de árvores em arranjos mais livres. Local de manifestações políticas e atividades culturais para as classes populares, já teve como uma de suas atrações, por muitos anos, um peixe-boi, depois transferido para a ilha de Itamaracá no litoral pernambucano.

Saiba mais…

Inventário

 

previous arrow
next arrow
Slider

 

Localizada em área plana, a Praça do Derby se mantém como expressiva área verde do Recife, cortada por uma via de grande fluxo no sentido leste-oeste, e por isso composta de duas grandes áreas que concentram ao norte bosques, caminhos sinuosos em terra batida e clareiras com brinquedos para crianças e ao sul, bosques, caminhos sinuosos em terra batida, pérgolas e uma ilha, pitorescamente desenhada com inspiração romântica. A vegetação introduzida por Burle Marx reforça essa intenção nas áreas de bosque, assim também como o conjunto de palmeiras estrategicamente posicionadas. A este conjunto sinuoso se associam caminhos em linha reta de algumas entradas, ladeadas por palmeiras de diferentes espécies com destaque para as imperiais que reforçam o convite à travessia e à permanência. A Ilha dos Amores ocupa posição privilegiada por oferecer ao visitante um lugar bucólico e de contemplação, em uma área da cidade de grande movimento, onde estes ambientes são necessários e desejados.

Flora

A Praça do Derby apresenta grande diversidade florística resultante das sucessivas reformas. Para reforçar o caráter bucólico do romantismo, Burle Marx introduz em 1936 o ipê-amarelo-do-cerrado e o oiti-da-praia, e também aleias de palmeiras-imperiais e dendezeiros, contornando os caminhos. Entre os diversos estratos especificados e mantidos, destacam-se a ninfeia, a cana-da-índia, a bela-emília, a cássia-cordão-de-ouro e o coração-de-negro e entre as palmáceas a palmeira-sagu, a palmeira-areca, o jerivá e a babaçu, entre todas, a mais imponente.

Estrutura/ Monumentos

Bancos esculturais, lagos, fontes, esculturas e edificações destinadas a orquidário e a um coreto, são remanescentes dos velhos tempos, que dividem o espaço com brinquedos infantis e mobiliários implantados em época recente.

 Localização

Localização: Rua Jenner de Souza e Avenidas Governador Carlos de Lima Cavalcanti e Governador Agamenon Magalhães, próxima ao Quartel do Derby no bairro do Derby.

Área: 29.900,71m2

Intervenções: autor desconhecido (1925) e reformada por Burle Marx (1936). Restaurada pela Prefeitura do Recife com projeto das arquitetas Maria Inês de Oliveira Mendonça (Prefeitura do Recife), Ana Rita Sá Carneiro e Aline Figueirôa Silva, ambas do Laboratório da Paisagem da UFPE (2008).

Entorno

A Praça do Derby, no Bairro de mesmo nome, comprova a intenção de criação de uma grande área arborizada entre o Quartel do Derby e o canal Derby-Tacaruna ao longo da Avenida Agamenon Magalhães. O eixo que corta a praça longitudinalmente caracteriza-se, também, como importante corredor de circulação viária, no qual foi implantado o Terminal de Passageiros do Corredor Leste-Oeste, atestando o grande afluxo de pessoas que cotidianamente cruzam, acessam e usufruem da Praça.

Além do mercado de dimensões grandiosas, Delmiro Gouveia construiu vários outros atrativos, que atraía visitantes dos estados e até do exterior, justificando a construção do Hotel Internacional do Derby, no local do hoje Museu da Escola de Medicina.

 

Todas as praças

 

Veja também

Praça Dezessete

A Praça Dezessete homenageia os heróis da Revolução Republicana de 1817. A origem de seu